Nossos Contatos

 ​​Avenida das Mangueiras Norte, 288, 2º andar, Cidade Alegria​, Resende - RJ CEP:27525-250

Tel: (24) 3359-5157

Whatsapp: (24) 99949-1015

Rua António Vieira Pinto, 5-a, Torreira, Murtosa, Aveiro - Portugal

Whatsapp: +351 916 009 667

adv.fulvio@gmail.com 

  • Grey Instagram Ícone
  • Grey Facebook Icon
  • Grey Twitter Icon
  • Grey LinkedIn Icon

Transformando um Negócio em Franquia


Muitas pessoas se perguntam e me perguntam quanto a viabilidade de tornar um negócio uma franquia. A cultura do franchising no Brasil ainda é pequena, inclusive nossa legislação que trata sobre o assunto é considerada nova, porém, com o passar do tempo muitas empresas se transformam em franquias por ser um modelo de negócio interessante financeiramente.


Já pude realizar esse trabalho com alguns clientes, e a maior dúvida de início era: Meu negócio se adequa a esse formato? Por onde começo? Terei muito gastos? E ai por diante!

Como se pode perceber, tanto nos negócios como no direito não existe uma fórmula idêntica aplicável a todos os casos, mas é possível aproveitar algumas informações para que você consiga trilhar o melhor caminho para o seu negócio.


Diante de tudo isso, é necessário que se analise a escalabilidade territorial do seu negócio, como por exemplo: Será que a cultura de outros estados receberia bem seu negócio? Qual o meu diferencial da concorrência? Por que um investidor compraria minha franquia? Qual a segurança de desinvestimento eu forneceria pra ele?


Em algumas vezes já existe um protótipo do negócio, que seria uma primeira loja, no qual já facilitaria todas as análises sobre a viabilidade ou não de uma expansão territorial (Logística), mas existem situações no qual as pessoas tem somente uma ideia e disposição, o que dificulta a análise como a de precificação, porém não inviabiliza.


Realizada a análise sobre aceitação, diferencial, investimento e desinvestimento, é hora de você se preocupar com a identidade visual do seu negócio, procurando um profissional ou formando uma parceria, para que seja criada toda identidade visual, manual de marca dentre outros manuais que serão necessários, e após a criação da identidade visual, e recomendável que seja feito o registro da sua marca.


Nesse momento você já terá algo que te distingui dos concorrentes, e melhor, a segurança de um registro para poder trabalhar e fornecer segurança aos seus franqueados.

Após esses passos, é recomendável o acompanhamento de um advogado, na verdade se puder ter em todo o processo é o ideal. A presença de um advogado se faz necessária, pois para criar uma franquia, é necessário cumprir com alguns requisitos legais, onde com isso você se blinda de futuros problemas, fornece segurança para seus franqueados e garante o bom funcionamento da máquina.


Obrigatoriamente a lei exige que o franqueador emita a Circular de Oferta de Franquia (COF), essa circular deve conter o máximo de informações possíveis, cumprindo com o “mínimo” de informações que a lei exige, fazendo isso, você protege o negócio realizado afastando algumas possibilidades que resultariam na anulação do negócio celebrado com o franqueado por omissão de informação.


É recomendável que seja feita uma entrevista com o possível interessado em sua franquia, pelo fato de verificar o perfil empreendedor. Isso ocorre para reduzir os riscos de você vender aleatoriamente um negócio, e por azar ele ser mal administrado e fechar, dessa forma a imagem gerada na cabeça das pessoas é que a marca X quebrou, e não que a loja do fulano faliu. Então, é necessário cuidar da imagem do seu negócio. E a COF quando entregue para alguém com o perfil já aprovado, deverá conter junto um termo de sigilo, pois, na COF contém informações sigilosas sobre os processos da empresa.


A legislação exige que o futuro franqueado após receber a COF, tenha um prazo mínimo de 10 dias para que possa analisar tudo o que foi apresentado antes da assinatura do contrato, algumas pessoas podem até se perguntar, e se o futuro franqueado assinar antes dos 10 dias o que acontece? Simplesmente o negócio poderá ser anulado, isso serve de segurança negocial para ambas as partes, e passados os 10 dias é legal entregar um pré- contrato, assegurando o cumprimento de alguns requisitos do franqueado, como abertura de CNPJ, Escolha de local e outras coisas, posteriormente o contrato finalizando o negócio.


É recomendável que nessa fase do processo de franchising, você já tenha precificado quanto vale sua franquia incluindo despesas de montagem, reforma, abastecimento, dentre outros pontos. Forneça suporte aos seus franqueados como treinamentos, publicidade e melhorias, visto que, eles representam sua marca, e devem fazer sempre da melhor forma!

2 visualizações